M.A.P

Mulheres na América Portuguesa

Catálogo de documentos escritos por mulheres
e documentos escritos sobre mulheres
no ambiente atlântico português, 1500-1822
Projeto

Agora andam me jurando a pele:
Escritos de mulheres e escritos sobre mulheres
na América Portuguesa

Catálogo

(Ordem alfabética)

Catálogo principal

(Documentos primários acessados, ou acessados e transcritos)
Nome Trecho original de nomeação Descrição e dados Perfil documental Documento(s)
[A dita escrava] a ditta escrava buçal esem intilig[enci]a Escrava de Anastacia da Conceição; Presa por vender com tabuleiros, apareceu em requerimento movido por Anastacia com o pedido de sua soltura, alegando que a escrava era incapaz de incorrer contra o bando do governador por ser “buçal e sem inteligência”.Citada no requerimento de Anastacia da Conceição (parte)

Idade:
Estatuto social: Escrava
Estado civil:
Morada: Vila Rica, Minas Gerais, Brasil.
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais, Brasil.
Chave de pesquisa: Tabuleiro
Catalogado por: IMV

Citada em documento primário
Documento acessível
[NN|007|ANO]
1794 APM
Ana da Fonseca Anna da Fon[se]ca [cristã] n[ova] solteyra f[ilh]a de Luiz Nunes da Fon[se]ca q[ue] foy laurador de cana n[atur]al da Parahiba e m[orado]ra no engenho velho Bispado de Pernambuco Processada por judaísmo em 1728, foi condenada ao confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito perpétuo, e penitências espirituais.

Idade: 40 anos
Estatuto social: Cristã nova
Estado civil: Solteira
Morada: Engenho Velho, distrito da Paraíba, Bispado Pernanbuco
Naturalidade: Paraíba
Local do documento: Lisboa
Chave de pesquisa: Cristã-nova
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|028|AF]
1728 ANTT
Ana Rosa Pereira Ana Rosa Pereira, preta de nação Angola Ana Rosa Pereira afirma que sua carta de alforria não está sendo respeitada pelo senhor Antônio de Afonseca, que a mantém em cativeiro, e solicita que se faça cumprir a alforria, neste requerimento feito em Vila Rica em 1776.

Idade:
Estatuto social: Escrava
Estado civil:
Morada:
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais
Chave de pesquisa: Escrava
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|030|ARP]
1776 APM
Anastacia da Conceição Anastacia da Conceição preta forra Anastacia da Conceição, através de um requerimento, pediu pela libertação de sua escrava presa com a justificativa de que se encontrava vendendo com tabuleiros; alega que a mesma “não incorreu contra o bando do governador” pois seria “buçal e sem inteligência”, Conseguiu a soltura da mesma.O requerimento cita [a dita escrava] (parte)

Idade:
Estatuto social: Preta forra
Estado civil:
Morada: Vila Rica, Minas Gerais, Brasil.
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais, Brasil.
Chave de pesquisa: Tabuleiro.
Catalogado por: IMV

Autora indireta
Documento acessível
[AI|001|AC]
1794 APM
Anna Maria Cardosa De uossa merce Serua e Criada Anna [M]aria Car[dosa] Autora de carta enviada para o alferes de Atibaia, 1765

Idade:
Estatuto social:
Estado civil:
Morada:
Naturalidade:
Local do documento: Atibaia
Chave de pesquisa:
Catalogado por:

Autora
Documento transcrito
[AA|008|AMC]
1765
Anna Martins de Macedo Anna Martins de Maçedo molher de Francisco Carvalho Çapateiro, natural da Villa de Porto Calvo, e moradora no Recife de Pernambuco preza nos carceres desta Inquisição de Lisboa Anna Martins de Macedo é acusada de se casar novamente estando o seu primeiro marido ainda vivo, mas é absolvida após pagamento

Idade: 50 anos
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada: Recife, Pernambuco
Naturalidade: Porto Calvo, Pernambuco
Local do documento:
Chave de pesquisa: Bigamia
Catalogado por: BMS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|006|AMM]
1697 ANTT
Barbara Heliodora Guilhermina da Silveira Sua mulher, D. Bárbara Eliodora Guilhermina da Silveira. […] Esta D. Bárbara não espera haver nada de seus pais ainda vivos, porque estes não têm o que lhe deixar. [ADIM V.3 p.350] Barbara Heliodora Guilhermina da Silveira (1759-1819), escritora e poeta, denunciada nos autos da inconfidência mineira.

Idade: 30 anos
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada:
Naturalidade: São João del Rey
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|022|BHGS]
1789 IOM-PI
Catarina Garcia de Cabreira Autora de carta enviada de Vila Viçosa para Salvador, 1592

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada: Vila Viçosa
Naturalidade:
Local do documento: Vila Viçosa
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Autora
Documento transcrito
[AA|006|CGC]
1592 ANTT/PS
Catarina Quaresma Catarina Quaresma que ora está nesta cidade casada com Pedro de Aires castelhano e se chama dona Catarina Quaresma Nomeada em processo inquisitorial, São Salvador da Baía, 1593. Acusada de sodomia.

Idade: 25 anos
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada: São Salvador da Baía, Brasil
Naturalidade: Lisboa, Portugal
Local do documento: São Salvador da Baía, Brasil
Chave de pesquisa: Sodomia
Catalogado por: MLS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|017|CQ]
1593 ANTT
Domingas da Rosa de Morais De VM sual criada de VM, {Domingas da Rosa}
Domingas da Roza de Moraes molher de Paulo de freitas oleiro natural da cidade da Paraiva Bispado de Pernambuco, e moradora na cidade de olinda do mesmo Bispado estado do Brasil
Domingas da Rosa de Morais é acusada de contrair um segundo matrimônio; em seu processo, foi incluída carta de sua autoria, enviada do Recife para o Rio Grande em 1689.

Idade: 30 anos
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada: Olinda
Naturalidade: Paraíba
Local do documento: Recife
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS/BMS

Autora
Documento transcrito
[AA|007|DRM]Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|029|DRM]
1689 ANTT/PS

1689 ANTT

Felícia Tourinha Felicia tourinha molher parda Acusada de superstição, feitiçaria e pacto com o demónio

Idade: 33 anos
Estatuto social: Parda
Estado civil: Casada
Morada: Olinda, Brasil
Naturalidade: Porto Seguro, Brasil
Local do documento:
Chave de pesquisa: Preta Forra
Catalogado por: LJ

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|011|FT]
1595 ANTT
Feliciana de Lira Barros Nomeada em processo inquisitorial, Cidade do Pará, 1763.

Idade: 36 anos
Estatuto social: Cristã velha
Estado civil: Viúva
Morada: Cidade do Pará, Brasil
Naturalidade: Cidade do Pará, Brasil.
Local do documento: Cidade do Pará, Brasil.
Chave de pesquisa: Cristã-Velha
Catalogado por: IMV

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|021|FLB]
1763 ANTT
Felicitas Uxoa de Gusmão D. Felicitas Uxoa de Gusmão p[ar]te de [cristã] n[ova] casada com Luiz da Fon[se]ca Rego que vive de suas Rossas n[atur]al de S[ão] Gonsalo e m[orado]ra no forte velho termo da Parahiba Bisp[a]do de Pernambuco Processada por judaísmo em 1730, foi condenada ao confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo e penitências espirituais. Fez parte do Auto de Fé de 4 de julho de 1732. Também conhecida como Felicitas Peres.

Idade: 48 anos
Estatuto social: Parte de cristã nova
Estado civil: Casada
Morada: Forte Velho, Paraíba
Naturalidade: Freguesia de S. Gonçalo de Tapecite
Local do documento: Lisboa
Chave de pesquisa: Cristã-nova
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|026|FUG]
1730 ANTT
Felizarda Felizarda, crioula, escrava q[ue] foi do falecido cap[itão] m[ór] Francisco Caetano Dantas Felizarda afirma que seu falecido senhor, o capitão Francisco Caetano Dantas, a vendeu ao padre Manuel Antônio Gomes por cento e vinte mil réis, e que, tendo ela levantado essa quantia para pagar ao padre por sua liberdade, solicita não ser levada de volta ao cativeiro enquanto não houver um parecer sobre o pagamento. O requerimento foi feito em Vila Rica em 1804, e o despacho não se encontra no arquivo.

Idade:
Estatuto social: Escrava
Estado civil:
Morada:
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais
Chave de pesquisa: Escrava
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|029|F]
1804 APM
Filipa de Sousa Felipa de Sousa cristã velha costureira natural de tavira do algarve filha de Manoel de Sousa e de sua mulher môr gonçalvez defuntos de idade de trinta e cinco anos, casada com francisco pirez pedreiro, moradora nesta cidade Nomeada em processo inquisitorial, Salvador, 1591 a 1592. Acusada de sodomia. Mencionada nas confissões de Paula de Sequeira e Maria Lourenço. Condenada a ser açoitada publicamente e ao degredo perpétuo para fora da capitania.Citada na confissão de Paula de Sequeira (parte)

Idade: 35 anos
Estatuto social: Cristã velha, costureira
Estado civil: Casada
Morada: Salvador, capitania da Baía, Brasil
Naturalidade: Tavira, Portugal
Local do documento: Salvador, capitania da Baía, Brasil
Chave de pesquisa: Sodomia
Catalogado por: MLS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|013|FS]
1591 ANTT
Filipa Gomes Henriques Felippa Gomes Henriques [cristã] n[ova] solteyra f[ilh]a de
Andre Lopes mercador n[atur]al de V[il]a Real Arcebispado de Braga e
m[orado]ra no engenho velho Bispado de Pernambuco
Processada por judaísmo em 1731, foi condenada ao confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo e penitências espirituais. Fez parte do Auto de Fé de 4 de julho de 1732.

Idade: 35 anos
Estatuto social: Cristã nova
Estado civil: Solteira
Morada: Engenho Velho, termo de Paraíba, bispado de Pernambuco
Naturalidade: Vila Real, arcebispado de Braga
Local do documento: Lisboa
Chave de pesquisa: Cristã-nova
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|025|FGH]
1731 ANTT
Filipa Nunes Felipa Nunes meya [cristã] n[ova] cazada com Jozé Nunes y viue de sua Rossa n[atur]al e m[orado]ra do Rio das marés termo da Parahiba Bisp[a]do de Pernambuco Processada por judaísmo em 1731, foi condenada ao confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo e penitências espirituais. Fez parte do Auto de Fé de 4 de julho de 1732.

Idade: 50 anos
Estatuto social: Meia cristã nova
Estado civil: Casada
Morada: Rio das Marés, termo de Paraíba, bispado de Pernambuco
Naturalidade: Rio das Marés, termo de Paraíba, bispado de Pernambuco
Local do documento: Lisboa
Chave de pesquisa: Cristã-nova
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|024|FN]
1731 ANTT
Floriana Rodrigues Floriana Ro[drigu]iz p[art]e de [cristã] n[ova] viuva de D[iog]o Pereyra soldado infante, n[atur]al do engenho do meyo e m[orado]ra no sitio do Rio do meyo Bispado de Pernambuco Processada por judaísmo em 1730, foi condenada ao confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio, e penitências espirituais; fez parte do Auto de Fé de 4 de julho de 1732.Idade: 40 anos
Estatuto social: Parte de cristã nova
Estado civil: Viúva
Morada: Sítio do Rio do Meio, bispado de Pernambuco
Naturalidade: Engenho do Meio, distrito de Paraíba
Local do documento: Lisboa
Chave de pesquisa: Cristã-nova
Catalogado por: MCPS
Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|027|FR]
1730 ANTT
Francisca da Silva Francisca da Silva viuva, que ficou de Patricio Jaques com três filhas todas pardas […] O tenente Jose Correa da Silveira, através de um requerimento, pediu providências a respeito de Francisca da Silva e suas três filhas: Anna, Maria e Silveria, que invadiram a terra de um vizinho do suplicante, sem o conhecimento deste, e passaram a “confraternizar” no local; faziam “batuques desonestos” e jogos que incluíam “pancadas” e “facadas”. Além disto, o suplicante acusou Francisca e suas filhas de desencaminharem seus filhos e os dos vizinhos, sustentando-se através de furtos que os mesmos cometiam contra seus pais, e os escravos, que também frequentavam o local, cometiam contra os seus senhores. No requerimento consta ainda que as mulheres viviam concubinadas, o que fez com que o falecido marido de Francisa, Patricio Jaques, se retirasse da casa temendo que os “cúmplices” das suplicadas o matassem. Conclui que Francisca e suas filhas seriam perigosas ao bem público, pedindo às autoridades que as desterrassem ou as castigassem para que saíssem do continente.

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Viúva
Morada: Suaçui, Minas Gerais, Brasil.
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais, Brasil.
Chave de pesquisa: Terras mulheres
Catalogado por: IMV

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|008|FS]
1805 APM
Francisca Luis Francisca Luis mulher preta forra criola da cidade do porto casada com Domingos Soarez homem pardo Remedão ausente do qual não tem novas se vivo se morto vendedeira moradora nesta cidade Nomeada em processo inquisitorial, Salvador, 1592O processo envolve Isabel Antónia (parte) e Isabel da Fonseca (denunciante)

Idade: 40 anos pouco mais ou menos
Estatuto social: Preta forra, vendedeira
Estado civil: Casada
Morada: Salvador
Naturalidade: Porto
Local do documento: Salvador
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento transcrito
[NN|001|FL]
1592 ANTT
Guiomar Piçarra Guiomar Piçarra mulher de Manuel Lopes Nomeada em processo inquisitorial, Salvador, 1592. Moradora de Taparica. Acusada de sodomia e de comer carne em dias defesos (por ter comido carne de um tatu do mato em um sábado).O processo menciona Maria Pinheira

Idade: 38 anos
Estatuto social: Cristã velha
Estado civil: Casada
Morada: Taparica, Brasil
Naturalidade: Moura, Portugal
Local do documento: Salvador bahia de todos os Sanctos
Chave de pesquisa: Sodomia
Catalogado por: MLS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|016|GP]
1592 ANTT
Hipólita Jacinta Teixeira de Melo D. Hipólita Jacinta teixeira de Melo, filha do falecido Cap.-Mor (São João) Pedro Teixeira de Carvalho e irmã do então Cap.-Mor (São João) Gonçalo Teixeira de Carvalho [ADIM V.2 p.39] Hipólita Jacinta Teixeira de Melo (1748-1818), denunciada nos autos da devassa da inconfidência mineira, mencionada na bibliografia como autora da carta de denuncia de Joaquim Silvério dos Reis como traidor dos inconfidentes

Idade: 41 anos
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada:
Naturalidade: Prado, Minas Gerais
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|023|HJTM]
1789 IOM-PI
Inês Fernandes De sua mulher, {Inês Fernandes} Autora de carta enviada da Madeira para a Bahia, 1592

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Solteira
Morada: Madeira
Naturalidade:
Local do documento: Madeira
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Autora
Documento transcrito
[AA|005|IF]
1592 ANTT/PS
Isabel Antonia Isabel Antonia mulher que não tem marido moradora nesta cidade que dizem que veio do Porto degradada por usar o pecado nefando com outras mulheres Nomeada em processo inquisitorial, Salvador, 1592Citada no processo de Francisca Luis (parte)

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Solteira
Morada: Salvador
Naturalidade: Porto
Local do documento: Salvador
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento transcrito
[NN|002|IA]
1592 ANTT
Isabel da Fonseca Cristã velha natural desta Bahia filha de Francisco de Morais e de sua mulher Caterina Frois casada com Guaspar Muniz lavrador morador em Tasuapina de idade de dezassete anos Nomeada em processo inquisitorial, Salvador, 1592Citada no processo de Francisca Luis (denunciante)

Idade: 17 anos
Estatuto social: Cristã velha
Estado civil: Casada
Morada: Tasuapina
Naturalidade: Bahia
Local do documento: Salvador
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS

Nomeada em documento primário
Documento transcrito
[NN|003|IF]
1592 ANNT
Isabel de Lamas Isabel de Lamas cristã velha mulher de Francisco Martins, natural deste Pernambuco ré presa que presente esta como quem tinha
pouca reverência ao venerandíssimo Tribunal do Santo Ofício e pouco temor de Deus e da condenação de sua alma vindo à mesa jurou nela falso em caso grave pertencente ao Santo Ofício
Nomeada em processo inquisitorial, Olinda, 1594. Acusada de perjúrio. Incluída no mesmo processo que seu marido, acusado de sodomia.

Idade: 18 anos
Estatuto social: Cristã velha
Estado civil: Casada
Morada: Pernambuco, Brasil
Naturalidade: Pernambuco, Brasil
Local do documento: Vila de Olinda Capitania de pernambuco
Chave de pesquisa: Sodomia
Catalogado por: MLS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|018|IL]
1594 ANTT
Isabel Gomes da Veiga De vossa Molher saudoza leaL e amante Izabel Gomes
De vm mulher amante Primra e que o adora, mas desgrassada Izabel Gomes.
Isabel Gomes da Veiga é esposa de Manuel Soares de Vasconcelos, que some por 22 anos e Isabel fica sem saber de seu paradeiro. Ela escreve duas cartas para ele, uma em 1730 e a outra em 1733, que foram usadas como provas em processo judicial

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Casada
Morada: Nossa Senhora do Desterro
Naturalidade: São Gonçalo
Local do documento: Rio de Janeiro
Chave de pesquisa: Traição
Catalogado por: BMS

BMS

Autora
Documento transcrito
[AA|001|IGV]Autora
Documento transcrito
[AA|002|IGV]
1730 ANTT/PS
1733 ANTT/PS
Luzia Pinta Luzia Pinta preta forra f[ilh]a de M[anu]el da Graça natural da cidade de Angola e m[orado]ra na V[ila] do Sabará Bisp[a]do do Rio de Janeiro Preta forra, acusada de bruxaria e superstições

Idade: 50 anos
Estatuto social: Preta forra
Estado civil: Solteira
Morada: Junto da capela de Nossa Senhora da Soledade, freguesia da
Igreja Grande da vila de Nossa Senhora da Conceição do Sabará, bispado
do Rio de Janeiro, Brasil
Naturalidade: Angola
Local do documento:
Chave de pesquisa: Preta forra
Catalogado por: LJ

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|012|LP]
1739 ANTT
Maria Álvares Maria Alv[a]rez Mamaluca Nomeada em processo inquisitorial, Salvador bahia de todos os santos, 1593. Acusada de heresia.

Idade: 40 anos
Estatuto social: Mameluca
Estado civil: Casada
Morada: Salvador bahia de todos os santos, Brasil
Naturalidade: Porto Seguro, Brasil
Local do documento: Salvador bahia de todos os santos, Brasil
Chave de pesquisa: Heresia
Catalogado por: TEPF

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|019|MA]
1593 ANTT
Maria Barbosa Maria Barbosa molher parda casada com Joam da cruz ourives natural da cidade de Evora moradora na da baja de todos os sanctos
partes do Brasil presa no carçere da jnquisição desta cidade de Lisboa
Nomeada
em processo inquisitorial, acusada de proposições heréticas, em 1612, na Bahia. Presa neste ano, terminou por ser solta e voltar a Portugal; lá é novamente processada, e condenada em 1614 a, entre outros, “ir ao auto-da-fé com vela acesa na mão” e “não voltar àquela zona do Brasil”.Idade: 50 anos
Estatuto social: Parte de cristã-nova; parda
Estado civil: Casada
Morada: Baía, Brasil
Naturalidade: Évora
Local do documento:
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS
Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|004|MB]
1612 ANTT
Maria Clara da Anunciação De vm sua Serva muito de Antonio Joze Maria Clara De nusia[ção]
Searva de anto Joze Maria C[lara] de N[unsiação]
Serva oBrigadisima de m Ma[ria] C[lara] De nunsia[ção]
Maria Clara enviou três carta a seu namorado, Antonio José, em 1730. Nelas, solicita diversas providências, declara seu bem-querer e pergunta pelo dele. Antônio seria processado, em 1752, por quebra de promessa de casamento.

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Solteira
Morada: São Paulo
Naturalidade:
Local do documento: São Paulo
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS/MCPS

Autora
Documento transcrito
[AA|007|MCA]Autora
Documento transcrito
[AA|008|MCA]Autora
Documento transcrito
[AA|009|MCA]
1730 ACM-SP/PS
1730 ACM-SP/PS
1730 ACM-SP/PS
Maria Pinheira djxe ser cristaã velha segundo lhe pareçe natural desta cjdade filha de Joam pinheiro lavrador e de sua molher Isabel jaz
defuntos, de ydade de trjnta e ojto annos casada com Joam daguiar laurador moradora em taparica
Nomeada em processo inquisitorial, Salvador bahia de todos os santos, 1592

Idade: 38 anos
Estatuto social: Cristã velha
Estado civil: Casada
Morada: Taparica, Brasil
Naturalidade: Salvador bahia de todos os santos, Brasil
Local do documento: Salvador bahia de todos os santos, Brasil.
Chave de pesquisa: Heresia
Catalogado por: TEPF

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|020|MP]
1592 ANTT
Maria Thereza de Nazare De vossa Reverendissima Muito Veneradora e Criada Dona Maria Thereza de Nazare Autora de carta destinada ao frei Manoel de Santana em que agradece e solicita a continuação dos benefícios que seu filho, Antonio Vellozo de Miranda, vinha recebendo para estudar Filosofia no Convento de São Francisco, em São Paulo.

Idade:
Estatuto social:
Estado civil:
Morada: Inficsonado
Naturalidade:
Local do documento: Inficsonado
Chave de pesquisa:
Catalogado por: VMM

Autora
Documento transcrito
[AA|009|MNT]
1769
Mariana Mariana Preta forra natural de Angola emoradora no Rio de Jan[ei]ro Preta forra, escravaO processo menciona Maria André (testemunha)

Idade: 50 anos
Estatuto social: Preta forra
Estado civil: Solteira
Morada: Rio de Janeiro, Brasil
Naturalidade: Angola
Local do documento:
Chave de pesquisa: Preta forra
Catalogado por: LJ

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|009|M]
1710 ANTT
Marta Fernandes disse ser cristaã […] natural da ylha de sam miguel molher parda filha de fr[ancis]co eanes lavrador homẽ branco e de suã escrava angolla chamada Isabel ja defunta Marta Fernandes é cristã-velha e parda, e foi acusada de bigamia, e como punição, foi mandada para a Angola e proibida de voltar para o Brasil

Idade: 36 anos
Estatuto social: Cristã velha; parda
Estado civil: Casada
Morada: Olinda
Naturalidade: Açores
Local do documento: Olinda
Chave de pesquisa: Bigamia
Catalogado por: BMS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|005|MF]
1593 ANTT
Páscoa Vieira Paschoa viejra preta forra filha de Manoel Carualho, natural de Massangano Reyno de Angola, e moradora na Cidade da Bahya de todos os Santos, preza nos carçeres da Inquisição desta Cidade de Lisboa Preta forra, acusada de bigamiaO processo menciona Domingas Carvalha (testemunha)

Idade: 40 anos
Estatuto social: Preta forra
Estado civil: Casada
Morada: Bahia, Brasil
Naturalidade: Massagano, Angola
Local do documento:
Chave de pesquisa: Preta forra
Catalogado por: LJ

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|010|PV]
1694 ANTT
Paula de Sequeira Paula de Sequeira, cristã velha natural de Lisboa mulher de Antonio de faria
Paula de Sequeira cristã velha
Nomeada em processo inquisitorial, São Salvador da Baía, 1591 a 1592, acusada de sodomia e denunciada por ter em seu poder um livro
proibido. Nomeada em novo processo inquisitorial, São Salvador da Baía, em 1594, acusada de sodomia e de leituras proibidas. Condenada a cumprir penitências espirituais secretas.O processo menciona Filipa de Sousa (parte)Idade: 40
Estatuto social:
Cristã velha
Estado civil: Casada
Morada: São Salvador da Baía, Brasil
Naturalidade: Lisboa, Portugal
Local do documento: São Salvador da Baía, Brasil
Chave de pesquisa: Sodomia
Catalogado por: MLS

MLS

Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|014|PS]Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|015|PS]
1591 ANTT
1594 ANTT
Quitéria Maria da Conceição Quitéria Maria da Conceição, escrava, Quitéria Maria da Conceição afirma ter pago o preço exigido por sua carta de alforria, e solicita intervenção do governador para ser libertada, neste requerimento feito em Vila Rica em 1753.Idade:
Estatuto social: Escrava
Estado civil:
Morada:
Naturalidade:
Local do documento: Vila Rica, Minas Gerais
Chave de pesquisa: Escrava
Catalogado por: MCPS
Nomeada em documento primário
Documento acessível
[NN|031|QMC]
1753 APM
Vicência Jorge Desta que não devera ser, {Vicência Jorge}
Desta vossa muito certa por quem tantas lágrimas choro, /
{Vicência Jorge}, perfeita amiga mulher ao meu marido muito certo
Jerónimo Monteiro.
Autora de carta enviada de Oeiras para a Bahia, 1591, e de carta enviada de Oeiras para a Bahia, 1594

Idade:
Estatuto social:
Estado civil: Solteira
Morada: Oeiras
Naturalidade:
Local do documento: Oeiras
Chave de pesquisa:
Catalogado por: MCPS/MCPS

Autora
Documento transcrito
[AA|003|VJ]Autora
Documento transcrito
[AA|004|VJ]
1591 ANTT/PS

1594 ANTT/PS

Equipe:

Beatriz Moreira de Souza BMS
Isabelle de Moura Vitorino IMV
Letícia Junqueira Sena Alves LJ
Maria Clara Paixão de Sousa MCPS
Mariana Lourenço Sturzeneker MLS
Tais Estéfanie Pacheco Ferreira TEPF
Vanessa Martins do Monte VMM
Anúncios