Linhas de pesquisa

1.     Representações do conhecimento

Estudo das formas de representação do conhecimento, em particular as que envolvem processos computacionais na reunião e recuperação de informação. Pesquisas em computação e em linguística, com ênfase no processamento da linguagem natural (reconhecimento de texto, descrição e recuperação da informação, ontologias, web-semântica). Pesquisas em  história da ciência, com ênfase na epistemologia das formas de representação e nas suas repercussões discursivas sobre a construção do conhecimento.

2.    Organização da informação

Estudos teóricos e metodológicos em torno da relação patrimônio cultural e acervos digitais. Desenvolvimento de metodologias para a descrição de objetos digitais visando a adequação da organização dos acervos frente a diferentes contextos e necessidades de uso. Análise das políticas de acesso à cultura e à informação, gestão e preservação do patrimônio cultural; pesquisas sobre a conservação, preservação e restauro dos acervos físicos no processo de digitalização e pesquisas voltadas à produção de conhecimento a partir desse patrimônio.

3.    Produção e circulação do conhecimento

Estudo das relações entre conhecimento, poder e agentes intelectuais, tomando como base a abordagem histórica e científica dos espaços de produção e circulação do conhecimento. Inclui debates sobre seu desenvolvimento histórico, sobre história da leitura e da escrita, sobre os impactos sociais e econômicos dos novos mecanismos de difusão do conhecimento e sobre a construção de espaços e memórias históricas.

Fundamentos >

Anúncios

Uma resposta para “Linhas de pesquisa”

  1. Produção e circulação do conhecimento

    Estudo das relações entre conhecimento, poder e agentes intelectuais, tomando como base a abordagem histórica e científica dos espaços de produção e circulação do conhecimento. Inclui debates sobre seu desenvolvimento histórico, sobre história da leitura e da escrita, os impactos sociais e econômicos dos novos mecanismos de difusão do conhecimento e sobre a construção de espaços e memórias históricas.

Os comentários estão fechados.